LANGUAGE / IDIOMA / LANGUE
 
OFERTA ESPECIAL
CIRCUITOS E SAFARIS
SELF-DRIVE / AO SEU RITMO
VIAGENS À SUA MEDIDA
PRESENTAÇAO DO PAÍS
ZONAS DE INTERESSE
VIAJES TEMÀTICAS
ATIVIDADES DE AVENTURA
   
 
 

INFORMAÇÕES PRATICAS

TIPOS DE ALOJAMENTO
África do Sul oferece uma grande variedade de alojamento, desde hotéis 5* de luxo até Cabanas com telhados de palha (“rondavels” – thatched hut).

As diferentes possibilidades de alojamento vão de Hotéis, Lodges em Reservas Privadas, Acampamentos em Parques e Reservas Nacionais , Campismo, Caravanismo e outras categorias de alojamento tais como Casas de hóspedes, Bungalows com cozinha equipada, “Bed and Breakfast”. A escolha de alojamento depende muito do orçamento e preferências pessoais de cada viajante.

CASAS DE HÓSPEDES (GUEST HOUSE) E “BED AND BREAKFAST”
O sistema de classificação e nomenclatura nacional regula este categoria de estabelecimento. Um “Bed & Breakfast” tem menos quartos e oferece conforto e hospitalidade e em geral uma boa relação qualidade / preço.

Uma casa de hóspedes (Guest House) exala uma atmosfera elegante e muitas vezes romântica.

Preço médio baseado num quarto duplo com café da manhã
“Bed and Breakfast”/ “Guest House”: R 500 / R1200 por pessoa por noite

HOTÉIS
Um hotel é classificado com estrelas de 1 a 5 de acordo com os serviços e facilidades que oferece. Um hotel 5* oferece o máximo em luxo, enquanto 3* ou 4* indicam elegância confortável.

Preço médio baseado num quarto duplo com café da manhã
- Hoteis 3* a partir de R600 por pessoa por noite.
- Hotéis 4* a partir de de R800 por pessoa por noite.
- Hotéis 5* a partir de R1300 por pessoa por noite.

PARQUES E RESERVAS NACIONAIS E REGIONAIS
O alojamento é geralmente em Chalés / Cabanas (chamadas “Rondavels”) com telhado em palha tradicional (thached roof). Como são situados em Parque e Reservas Nacionais, são muitas veces situados no meio da natureza com lindas vistas e um contacto com animais. Os alojamentos não são de luxo (categoria equivalente a 2*/3*) mas são bem equipados, têm geralmente casa de banho privada e algumas têm até cozinha e área para churrasco para quem deseja cozinhar ao seu gosto na natureza.
O alojamento não inclui nenhuma refeição (nem café da manhã) porem certos Parques e reservas tem restaurantes disponíveis. O alojamento não inclui nenhuma atividade porem possível reservar diferentes atividades na receção (sujeito a disponibilidade).

Preço médio baseado numa “rondavel” dupla
Parques Nacionais: A partir de R 500 por pessoa por noite, excluindo a Taxa de Conservação, atividades e refeições

RESERVA PRIVADA
África do Sul tem muitas Reservas Privadas que oferecem uma experiência de Safari exclusiva e de grande luxo.

São famosos por oferecer serviços personalizados, decoração deslumbrante de toque colonial ou moderno “avant-garde”, refeiçõe “gourmet”deliciosas e sobretudo um safari muito particular.

Como os veículos das reservas Privadas são autorizados em deixar as pistas principais para seguir os animais selvagens através do mato/savana, a observação dos animais pode ser feita de mais perto, durante mais tempo e facilita tambem a observação dos animais mais furtivos como os leopardos e guepardos (difíceis de encontrar nos Parque Nacionais).

A estadia em Reserva Privada incluem em geral o alojamento, todas as refeições, 2 safaris diários en veículo 4x4 aberto (ao nascer do sol e ao pôr do sol, quando os animais são mais ativos) e por veces um Safari à pé (reservado para adultos).

Preço médio baseado em quarto duplo com Pensão completa e 2 Safaris diários
Reservas Privadas: entre R3000 e R 12000 por pessoa por noite


INFRA-ESTRUTURA
África do Sul tem um sistema de excelente estrada com mais de 9,000 kms de estradas asfaltadas e bem conservados, incluindo mais de 2,000 km de pista dupla. Joanesburgo, Cape Town e Durban têm Aeroportos Internacionais e é possível voar entre a maioria das Cidades Menores. Os Caminhos de Ferro Nacionais tem cerca de 30,000 quilómetros de via férrea e é possível fazer Viagens de Trem de luxo são mundialmente famoso como por exemplo Blue Train, Rovos Rail e Shongololo Express.

TELEFONE E INTERNET
África do Sul tem a rede de telecomunicações mais desenvolvida de África. As redes celulares baseiam-se na banda GSM 900 & 1800. Os telemóveis podem ser alugados nos Aeroportos ou é possível comprar cartões SIM recergaveis em qualquer um dos provedores de serviço. GSM, GPRS/EDGE e 3G/HSDPA (1,8 Mb/s internet) está disponível. Cibercafés são encontrados em todo o país e muitos estabelecimentos de alojamento oferecem acesso à internet fixo ou Wi-Fi.

FORMALIDADES DE ENTRADA
Pedimos para entrar com a sua embaixada de Africa do Sul mais próxima para definir os requisitos de entrada na África do Sul baseado na sua nacionalidade e pais de origem. Em todos os casos, um passaporte válido é necessário. Alguns países podem precisam de vistos.

IVA
Será cobrado 14% de IVA em todas as suas compras e serviços em África do Sul. Os turistas estrangeiros podem reivindicar um reembolso do IVA em certos artigos à saída do país. Um panfleto explicando esse procedimento pode ser coletado dos escritórios da administração de reembolso de IVA à sua chegada ao Aeroporto Internacional. Guarda os recibos de todas as suas compras durante a sua estadia se pretender reivindicar de volta o IVA.

ELETRICIDADE
220 Volts - As tomadas eletricas são exclusivas à África do Sul, tendo 3 pinos redondos e largos. Se não conseguir encontrar um adaptador internacional no seu país de origem, será fácil encontrar um adaptador à sua chegada no Aeroporto Internacional ou em qualquer Supermercado de África do Sul.

GRATIFICAÇÕES
As gorgetas não são incluídas nos preços de África Austral.
Se estiver satisfeito com seu serviço e desejar mostrar o seu apreço, segue uma diretriz básica:
- Garçons: 10% a 15% da conta
- Porteiros de Aeroportos e Hoteis: R10 por mala.
- Guías: R75 por dia por pessoa
- Lodge e funcionários do Hotel: Pede recomendações ao seu gerente porque pode como variar dependendo da região e do estabelecimento.

ESPECIALIDADES CULINÁRIA
África do Sul é um paraíso para os amantes de comida. Excelentes vinhos, cozinha “gourmet”, peixe e marisco frescos, queijos, carnes de caça são muito abundantes e a um custo muito razoável... Aconselhamos provar alguns dos pratos locais como o bobotie, bredies, braais e potjies.

DIRIGIR NA ÁFRICA DO SUL
Seja acompanhado sempre da sua carta de condução
Condução à esquerda
Os limites de velocidade são normalmente 60 km/h em areas urbanas, 100km/h nas estradas nacionais e 120 km/h nas auto-estradas.
Nos parques nacionais e reservas naturais, o limite de velocidade é geralmente de 40 a 50 km/h e devem ser rigorosamente respeitado.
O uso do cinto de segurança é obrigatório.
Os sinais de trânsito são geralmente bons e são escritos em inglês, afrikans ou ambos.
Os cartões de crédito estrangeiros não são aceites por veces como pagamento de combustível (custo apoximado de R14 por litro).
É uma ofensa grave para dirigir sob a influência de álcool ou drogas.
As cartas de condução são aceites desde que seja válido, apresente uma fotografia e seja escrito igualmente em inglês. Caso contrário, você precisará obter condução uma carta Internacional no seu país de origem.

SAÚDE
Aconselhámos vivamente contratar um seguro de viagem porque será assim coberto em caso de acidente, doença ou em caso de cancelamento forçado devido a circunstâncias imprevistas. África do Sul tem um alto padrão de cuidados médicos em muitos hospitais privados e clínicas.

A água corrente é potável na maioria das áreas. Consulte o seu guía ou gerente de hotel para confirmar essa situação. Caso prefire, a água engarrafada está tambem disponível. É seguro comer fruta e legumes provenientes de supermercados e restaurantes.

Se estiver visitando alguma das áreas de malária na África Austral, é recomendável consultar o seu médico para tomar as medidas preventivas adequadas.

Se sentir sintomas de gripe dentro de 14 dias, consulte por favor o seu médico e informa-o sobre os paises onde esteve recentemente.

Quanto mais cedo o tratamento é recebido, mais rápida será a sua recuperação. As precauções simples tais como o uso de repelentes de insetos e vestindo mangas compridas e calças à noite para evitar ser mordido são a melhor prevenção para áreas de Malaria.
Uma vez que o parasita da malária requer um hospedeiro humano para se propagar, a probabilidade de contrair malária em áreas remotas é muito baixa.

Se estiver sob prescrição médica, recomendamos transportá-la na sua bagagem de mão. Se sofrer de alguma limitação médica, recomendamos trazer uma cópia do seu histórico médico.

Como o sol em África é muito forte, recomendamos o uso de creme solar.

CONDIÇÕES CLIMÁTICAS
África do Sul cobre uma grande área e o tempo varia entre regiões e em geral o outono e primavera são muito curtos. Africa do Sul é uma região seca, tendo uma a precipitação média inferior a 500 mm por ano em todo o país (média mundial é de 900 mm). O clima é geralmente ensolarado e a média de horas de luz de sol por dia é entre as mais elevadas do mundo. O país pode ser visitado durante todo o ano.

Verão (Outubro a Abril)
Cidade do Cabo: O clima na Cidade do Cabo é diferente do que as outras regiões de Africa do Sul. Tem menos chuvas durante os meses de verão.
As temperaturas máximas diária variam entre 21C e 26C.
As temperaturas mínimas díarias variam entre 11C e 16C.
Outras Regiões: Zonas costeiras e do interior recebem chuvas de verão à tarde por vezes.
As temperaturas máximas diária variam entre 23C e 33C.
As temperaturas mínimas díarias variam entre 12C e 17C.

Inverno (de Maio a Setembro)
Cidade do Cabo: Cidade do Cabo recebe a maior parte das suas chuvas no Inverno.
As temperaturas máximas diária variam entre 17C e 20C.
As temperaturas mínimas díarias variam entre 7C e 10C.
Outras regiões: zonas costeiras e do interior secas, agradaveis de dias e frias de noite
As temperaturas máximas diárias variam entre 17C e 25C.
As temperaturas mínimas diárias variam entre 5C e 17C.

MOEDA E BANCOS
A Unidade monetária da África do Sul é o Rand (ZAR ou R), que é dividido em 100 centavos. As moedas vêm nas denominações de 10C, 20C, 50C, R1, R2 e R5 e notas nas denominações de R10, R20, R50, R100 e R200. Com a taxa de câmbio favorável, a maior dos viajantes internacionais irão encontrar em África do Sul destino relativamente barato.

Siga este link para obter as mais recentes taxas de câmbio.
Standard Bank Forex indications
http://ws15.standardbank.co.za/finSnapShot/GetforexServlet

Todos os nossos preços são definidos em Rands. Será aplicado a taxa de câmbio do dia do pagamento.

África do Sul tem um sistema bancário altamente sofisticado. Bancos e agências de câmbio estão localizados em todos os Aeroportos Internacionais e Cidades e podem trocar a maioria dos principais moedas estrangeiras. É também possível levantar dinheiro usando o seu cartão de crédito nos ATM’s ou nos bancos 24 horas. Os bancos são geralmente abertos de Segunda-feira à Sexta-feira das 09h00 até 03h30 e nos Sábados de 09h00 a 11h00.

Os cartões Master e Visa são aceites pela maioria dos alojamentos, companhias aéreas, locadoras de veículos, restaurantes e lojas. Alguns vendedores estão relutantes em aceitar o Diners Club e Cartões American Express, por tanto aconselhamos trazer uma outra alternativa.

NB: O combustível e as portagens só podem ser pagas com dinheiro.

COMPRAS
As lojas estão geralmente abertas de Segunda-feira a Sexta-feira das 9h00 as 17h00 horas e aos sábados de manhã. A maioria dos grandes centros comerciais estão abertos até mais tarde, bem como todo o dia aos Sábados e aos Domingos.

África do Sul é o paraíso para quem gosta de fazer compras. Cada grande cidade tem um centro comercial com restaurantes, cinemas e lojas que vendem roupas de excelente qualidade e outras mercadorias e vendidos a preços razoáveis.

Joalharia e jóias: África do Sul é um dos principais produtores mundiais de platina, ouro, diamantes e pedras semi-preciosas. As jóias são requintadas, originais e a bom preço.
Peles e artigos de couro: Poderá encontrar Bolsas, Carteiras, Cintos, Chapéus e muito mais em pele de crocodilo, avestruz e búfalo.

Arte: Pinturas e Esculturas de artistas locais.

Artesanato: Máscaras, Esculturas de pedra e madeira, Cestos, Tecidos e muito mais proveniente de tribos sul-africanas locais, bem como do resto da África.

Bebidas: Bebidas locais tais como Amarula e tambem uma grande variedade de vinhos sul-africanos, vencedores de muitos prêmios internacionais.

O QUE TRAZER
Iremo fornecer uma lista abrangente de acordo com o seu itinerário e peso de bagagem permitida.